Arquivo da categoria: ActionsScript3

Classe FileReference

Fonte:http://livedocs.adobe.com/flash/9.0/ActionScriptLangRefV3/flash/net/FileReference.html

A classe FileReference fornece recursos para upload e download de arquivos entre o cliente e o servidor. Uma janela avisa o usuário para selecionar um arquivo para upload ou um local para download. Cada objeto FileReference referencia um único arquivo no disco do usuário e tem propriedades que contêm informações sobre o arquivo: Tamanho, tipo, data de criação, data de modificação e tipo do criador (somente Macintosh).

Instâncias FileReference são criadas em dois passos:

  1. Quando você usa o operador new com o construtor FileReference: var fr:FileReference = new FileReference();
  2. Quando você chama o método FileReferenceList.browse(), que cria um array de objetos FileReference.

Durante a operação de upload, todas as propriedades de um objeto FileReference são populados por chamadas para os métodos FileReference.browse()ouFileReferenceList.browse(). Durante uma operação de download, a propriedade name é populada quando o evento select é disparado, todas as outras propriedades são populadas quando o evento complete é disparado.

O método browse() abre uma janela do sistema operacional para o usuário selecionar um arquivo para upload.

O método FileReference.browse() pemite ao usuário selecionar somente um arquivo; o método FileReferenceList.browse() permite ao usuário selecionar múltiplos arquivos. Depois de uma chamada bem sucedida do métodobrowse(), chame o métodoFileReference.upload() para fazer o upload de um arquivo de cada vez.

As classes FileReference e FileReferenceList não permitem definir o local padrão de arquivos para a caixa de diálogo que os métodos browse() ou download()geram. O local padrão mostrado na caixa de diálogo é a pasta que recentemente foi mais acessada, se aquele local puder ser determinado, ou o desktop. As classes não permitem ler ou escrever a partir do arquivo transferido. Elas não permitem que o arquivo SWF que iniciou o upload ou download acesse o arquivo baixado ou a localização no disco do usuário.

As classes FileReference FileReferenceList também não fornecem métodos para autenticação. Como servidores que requerem autenticação, você pode baixar arquivos com o Flash Player, mas upload (em todos players) e download (no stand-alone ou player externo) falham. Observe os eventos FileReference para determinar se as operações foram concluídas com êxito e para tratar os erros.

Para operações de upload e download, um arquivo SWF pode acessar somente dentro do mesmo domínio, incluindo alguns domínios que estiverem especificados em um arquivo cross-domain policy. Coloque um arquivo policy no servidor se iniciar upload ou download de outro servidor de arquivos.

Enquanto chamadas para o FileReference.browse(),FileReference.browse(),FileReferenceList.browse(), ouFileReference.download() são executadas, o arquivo SWF pausa a reprodução em stand-alone e players externos para o Mac OS X 10.1 e anteriores.

Propriedades Públicas

  • creationDate : Date – [somente leitura] A data de criação do arquivo no disco local.
  • creator : Strng – [somente leitura ] O tipo criador de arquivo do Macintosh, que só é usado no Mac OS em versões anteriores ao Mac OS X.
  • extension : String – [AIR][somente leitura] A extensão do arquivo.
  • modificationDate : Date – [somente leitura] A data em que o arquivo foi modificado no disco local.
  • name : String – [somente leitura] O nome do arquivo no disco local.
  • size : Number – [somente leitura] O tamanho do arquivo no disco local.
  • type : String – [somente leitura] O tipo de arquivo.

Métodos Públicos

  • FileReference() – Cria um novo objeto FileReference.
  • browse(tipeFilter:Array = null):Boolean – Apresenta uma janela que permite ao usuário selecionar um arquivo para upload.
  • cancel():void – Cancela qualquer operação de upload ou download em curso neste objeto FileReference.
  • download(request:URLRequest, defaultFileName:String = null):void – Abre uma janela que permite ao usuário baixar um arquivo de um servidor remoto.
  • upload(request:URLRequest, uploadDataFieldName:String = “FileData”, testUpload:Boolean = false):void – Inicia o upload de um arquivo selecionado por um usuário para um servidor remote.
  • uploadUnencoded(request:URLRequest):void – Inicia o upload de um arquivo para uma URL sem qualquer codificação.

Eventos

  • cancel – Disparado quando o upload ou download de arquivos é cancelado através de uma caixa de diálogo de navegação pelo usuário.
  • complete – Disparado quando download é completado ou quando o upload gerar um HTTP status código 200.
  • httpResponseStatus – [AIR] Disparado se a chamada para o método upload() ou uploadUnencoded tenta acessar os dados sobre HTTP e Adobe AIR é capaz de detectar e retornar o código de status da solicitação.
  • httpStatus – Disparado quando um upload falha e um status HTTP está disponível para descrever a falha.
  • ioError – Disparado quando uma operação de upload ou download falha.
  • open – Disparado quando uma operação de upload ou download inicia.
  • progress – Disparado periodicamente durante a operação de upload ou download.
  • securityError – Disparado quando uma chamada para o método FileReference.upload() ou FileReference.download() tenta fazer o upload de um arquivo de um servidor ou pegar um arquivo de um servidor que esteja fora do sandbox de segurança da chamada.
  • select – Disparado quando o usuário seleciona um arquivo para download ou upload de uma janela do sistema.
  • uploadCompleteData – Disparado após os dados serem recebidos pelo servidor depois de um upload bem-sucedido.

 

Classe Tween

Se você quer tornar suas animações mais profissionais sem ter que programar tudo na timeline, vai ai um dica muito boa para quem programa em AS3.

Para este tipo de animação para que ela seja mais suave e real, use no mínimo um FPS de 24, pois já foi comprovado que uma animação com este FPS nossos olhos não percebem a troca de quadros.

Abra um arquivo novo AS3, crie um circulo, converta em movie clip com o nome de circulo_mc e use este mesmo nome para o instance name do objeto no painel de propriedades.

crie uma nova layer para actions e aperte F9.

veja com deve estar seu documento até agora.
Tween

no painel actions, vamos primeiro importar as classes tween.
digite então.

import fl.transitions.Tween; //importa a classe Tween
import fl.transitions.easing.*; //importa os classes do pacote easing.

//Agora vamos chamar a classe Tween

var anda:Tween = new Tween(circulo_mc, “x”, Elastic.easeOut, circulo_mc.x, circulo_mc.x + 200, 2, true);

//depois teste este.

var anda:Tween = new Tween(circulo_mc, “y”, Bounce.easeOut, 0, 300, 2, true);

Pronto sua animação já estará funcionando.
abaixo eu explico estes 7 parâmentros

MovieClip = Qual o nome do objeto a ser animado.
Propriedade = propriedade do objeto: x, y, width, height, xscale, yscale, rotation e alpha.
Função = Existem tipos e métodos que passarei abaixo.
Inicio = posição inicial da animação
Fim = termino da animação.
Duração = tempo em segundos ou frames
Tipo de duração = true ou false, se usar true a duração será em segundos, false será em frames.

Efeitos de Animação

Back : termina a animação e volta um pouco.
Bounce : Efeito de vai e volta como um yoyo.
Elastic : Efeito Elástico.
Regular : Animação mais lenta em uma ou ambas as extremidades
Strong : Parecido com o regular.
None : Sem efeito

Métodos easing

easeIn : começa devagar e termina rápido.
easeOut : Termina devagar
easeInOut : faz os dois ao mesmo tempo
easeNone : sem efeito

Criando um link com AS3

Muitas pessoas tem dúvidas de como usar o famoso “getURL do ActionScript2” com “ActionScript3”, mas hoje irei mostrar como é simples.

Depois de fazer o seu menu ou seu botão instancie com o nome de btn ou como preferir, abra o painel de actions e digite o seguinte:

//Deixando o botão como pointerbtn.buttonMode = true;

/*Adicionando evento de lista no botão
para quando apertar executar a função clicou*/
btn.addEventListener(MouseEvent.CLICK, clicou);

//Função clicou
function clicou(evt:Event):void {
//Passando o caminho
var url:URLRequest = new URLRequest(“http://www.ladodesign.com.br”);
//Antigo getURL e passamos a variavél do caminho
navigateToURL(url);
}

Caso queira abrir este link em outra janela ou aba mude a seguinte linha:

Antes
navigateToURL(url);
Depois
navigateToURL(url,”_blank”);

É isso ai galera, até mais.

Clique aqui para baixar o arquivo

Origem do ActionScript

A Paz galera, resolvi explicar para vocês como surgiu a linguagem ActionScript.

O ActionScript começou como uma linguagem de script para a ferramenta Macromedia Flash, que é controlada pela Adobe desde 2005. A primeira versão do ActionScript foi lançada no Flash 5 em Setembro de 2000, e tinha influência do JavaScript e do padrão ECMA-262 (European Computer Manufacturers Association que é uma associação fundada em 1961 dedicada à padronização de sistemas de informação).

A versão ActionScript 2 foi introduzida somente 03 anos após o lançamento da primeira versão com o Flash MX 2004, nessa versão já era possível introduzir verificação de tipos, classes e herança, e seguia o padrão ECMAScript.
A terceira versão, que usamos atualmente, foi lançado em Junho de 2006 em conjunto com o ambiente de desenvolvimento Adobe Flex 2 e todo orientado a objeto, que é o ActionScript 3 ou AS3 para os íntimos.

Abaixo os códigos em ActionScript 1, ActionScript 2 e ActionScript 3:

ActionScript 1:
on (press) {
trace(“Apertei o botão”);
}

ActionScript 2:
btn.onRollOver = function() {
trace(“Apertei o botão”);
}

ActionScript 3:
btn.addEventListener(MouseEvent.CLICK, aperteiBotao);
function aperteiBotao(event:MouseEvent):void {
trace(“Apertei o botão”);
}

Observe que os três códigos acima fazem a mesma coisa, porém em versões diferentes. O código de ActionScript 1 tem que ser inserido direto no botão, já nas demais versões não tem necessidade.