Como evitar que seu email caia na caixa de SPAM

spam

O email marketing é uma poderosa ferramenta para atrair vendas para sites de comércio eletrônico, realizar ações de fidelização, informar sobre o status de pedidos, dentre outras finalidades.  No entanto, muitas vezes o email acaba caindo na caixa de SPAM dos usuários que acabam não visualizando a mensagem.

Cada provedor tem um filtro de entrada que avalia os emails recebidos e atribui pontos positivos e negativos de acordo com seus critérios. Estes critérios não são divulgados publicamente para evitar que os spammers os evitem, mas algumas ações podem ser tomadas para evitar que seu email caisa na caixa de SPAM:

O que você deve fazer:

  • Ofereça um método de remoção: este método de remoção é importantíssimo, pois se não houver, o destinatário pode denunciar a mensagem a entidades como a SpamCop.
  • Finalize o email com : “Este e-mail foi enviado para você por estar registrado no site X. Se desejar ser removido do site X, perdendo acesso às suas funcionalidades, envie uma mensagem para x@x.com.br informando o e-mail a remover.”
  • Faça com que a sua newsletter contenha mais texto do que HTML e imagens.
  • Se a newsletter é em HTML, inclua uma parte com texto também.
  • Crie um layout o mais simples possível. Evite formatos complexos.
  • Faça  um HTML limpo e de alta qualidade. Não utilize ferramentas WYSWYG para gerar o HTML.
  • E-mails bem construídos (tecnicamente corretos) podem ser identificados prontamente como não-spam. E-mails que estejam faltando seções, inválidos, faltando cabeçalho ou título são freqüentemente reconhecidos como SPAM.
  • Use linguagem de conversação normal.
  • Tenha certeza de que sua política de privacidade, incluindo o suporte e a informação de contato, estejam claramente mostrados no seu site. É bom incluir esta informação (onde encontrar esta política, informação para contato), nos seus e-mails. Novamente, as pessoas que desejam descobrir se você é um spammer sempre irão procurar por esta informação: isso ajuda você a ficar fora de listas-negras.

O que evitar:

  • Frases do tipo: “Esta mensagem não pode ser considerada SPAM por ter um método de remoção” e ”Responda a este e-mail com o assunto REMOVER para…” por dois motivos: o primeiro é que o e-mail pode ter sido reencaminhado para outro e-mail, e a resposta virá de um e-mail não registado; e porque nem sempre as pessoas podem alterar o assunto do email de resposta.
  • Envio da mensagem totalmente como imagem.
  • Envio de emails não solicitados. Só envie emails a quem voluntariamente se registrou na sua lista mediante uma confirmação opt-in
  • Abusar do HTML.
  • Uso de LETRAS MAIUSCULAS, pontos de exclamação (!) e palavras como “grátis”, “garantido”, e textos e s p a ç a d o s no campo assunto
  • Formas genéricas de tratamento (como “Prezado Cliente”)
  • Inserção de componentes ativos (Javascript, ActiveX, plug-ins) na sua mensagem. Se você precisar de conteúdo mais elaborado, faça o link para uma página no seu site.
  • Muitas imagens na sua mensagem. Quanto menos imagens melhor.
  • Arquivos anexados. Use links para acessar os arquivos no seu site.
  • Códigos desnecessários. Não use codificação de texto base-64 a menos que você precise.
  • Texto dizendo que este email será enviado somente uma vez e que você não precisa se preocupar pois não será importunado novamente. Isto caracteriza spam.
  • Texto: “Caso não tenha interesse em continuar recebendo este tipo de mensagem, por favor solicite sua retirada de nossa lista de distribuição, enviando e-mail para remova-me@… ” Esta é a forma dos spammers certificarem-se de que o email é ativo.
  • Texto: “Se este assunto não lhe interessa, apenas delete este e-mail”
  • Texto: “Você foi indicado por um amigo e por isso estamos enviando este email. Caso queira sair de nossa lista de divulgação…”
  • Texto: “De acordo com a lei xxxx, este e-mail não pode ser considerado spam…”. Não existe tal lei.
  • Espaços excessivos ou letras maiúsculas no seu título.
  • Enfeites, S E P A R A R as letras assim, letras estr@nh@s ou caracteres diferentes nos seus e-mails.
  • Se você estiver usando e-mails em HTML, não use códigos invisíveis para rastrear seus e-mails. Se você precisar rastrear seus e-mails e saber se eles foram lidos, use gráficos visíveis como parte do seu e-mail, não gráficos invisíveis.
  • Inclusão de referências gratuitas no título do email. Não fale sobre relógios Rolex, atividades sexuais, drogas, ou bancos, a menos que esses títulos estejam relacionados aos seus e-mails. E se eles estiverem, limite seus e-mails a um tópico por vez. Um e-mail que menciona relógios Rolex, Viagra, títulos pornôs e assuntos bancários têm uma grande possibilidade de ser considerado um SPAM.
  • Envio como CC ou CCO. Use uma ferramenta específica para envio de newsletters.

Aproveite essas dicas para fazer uma campanha de email marketing eficiente e Boas Vendas!