Arquivo da tag: Markup Languages

Manipuladores de atributos no jQuery

English: The text "jQuery" in the of...
English: The text “jQuery” in the official logo of jQuery. For the entire logo, see: File:JQuery logo.svg (Photo credit: Wikipedia)

O jQuery oferece 10 métodos que que estão na categoria de atributos, neste post vou mostrar como cada um deles funcionam, com um exemplo simples e pratico, os métodos que estão na categoria de atributos são: Continue lendo Manipuladores de atributos no jQuery

Gerar senha aleatória complexa (PHP e Javascript)

<?php
function randomPassword(
$length = 10,
$chars = ’0123456789abcdefghijkLMNPRSTUWXY!@$&*()-+_={}[]:;<>?,.’
)
{
$password = ”;

for ( $i = 0; $i < $length; $i++ ) {
$chars = str_shuffle( $chars );
$char = $chars[0];
$password .= $char;
}

return strlen( $password ) < $length
? randomPassword( $length, $chars )
: $password;
}
?>

Continue lendo Gerar senha aleatória complexa (PHP e Javascript)

Zen Coding, um jeito diferente de escrever HTML

A base da Web, o HTML, mesmo depois de revisões e otimizações, continua parecido com o que era quando foi inventado. Uma linguagem de marcação simples, que permite “desenhar” páginas para a Web. Vieram editores, passamos pela era negra dos layouts em tabela feitos no FrontPage/Dreamweaver, depois veio a glória com os padrões Web. Tirando os editores WYSIWYG, quem escreve HTML não percebeu muitas melhorias ao longo dos anos.
Mas isso está prestes a mudar graças a uma técnica batizada de Zen Coding. Ela utiliza uma padrão lógico para construir sentenças que, com o pressionar de uma tecla de atalho, transforma-se em trechos enormes de código, prontos, identados indentados, bonitinhos. Parece mágica.
Digamos que o desenvolvedor queira criar uma tabela lista. No modelo tradicional, ele escreve os itens, ajudado pela área de transferência, mas ainda assim, dá uma trabalheira escrever tudo isso na unha:

<div id=”header”>
<ul>
<li><a href=””></a></li>
<li><a href=””></a></li>
<li><a href=””></a></li>
<li><a href=””></a></li>
<li><a href=””></a></li>
</ul>
</div>

Com o Zen Coding, dá para escrever tudo isso numa linha só, assim:

div#header>ul>li*5>a


Funciona! E funciona muito bem!
Abaixo, um vídeo dos desenvolvedores, mostrando algumas das várias possibilidades do Zen Coding:

No site oficial, estão disponíveis vários plugins para os principais editores HTML do mercado, cada um com instruções de instalação anexas. Aqui, testei com o Notepad++, e correu tudo bem.
Se você trabalha com HTML, o Zen Coding merece uma chance. Pode demorar um pouquinho para aprender a sintaxe e pegar o jeito, mas com algum tempo de prática, o ganho em tempo é enorme.