Arquivo da tag: sourcecode

Checker de Disponibilidade de Usuário em jQuery, PHP e MySQL

Checa o banco de dados para verificar se um usuário existe ou não e retorna verdadeiro ou falso.

username

O JavaScript

  1. Então, para começar temos o nosso jQuery em função documento pronto, dentro deste temos um ouvinte de evento. Keyup função que quando acionada corre a função ‘username_check “.
  2. Dentro da função ‘username_check’, em primeiro lugar atribuir ‘username’ a variável com o valor do campo de entrada com o nome ID #.
  3. Vamos agora executar algumas verificações que o campo de entrada de nome de usuário não é vazia e que os seus 4 ou mais caracteres de comprimento. Se tudo estiver ok ea variável nome de usuário é de 4 caracteres podemos ir em frente e fazer a solicitação ajax. Continue lendo Checker de Disponibilidade de Usuário em jQuery, PHP e MySQL

Detectar Browser com PHP

The PHP logo displaying the Handel Gothic font.
The PHP logo displaying the Handel Gothic font. (Photo credit: Wikipedia)

Detectar Browser com PHP é extremamente facil. Aplique o seguinte codigo php onde quer que lhe apareça conteúdo destinado unicamente a um determinado browser. Muito útil para o load de Scripts ou Css.

<?php
$browser_cliente = isset($_SERVER['HTTP_USER_AGENT']) ? $_SERVER['HTTP_USER_AGENT'] : ''; if(strpos($browser_cliente, 'Opera') !== false){

   echo 'codigo para o Opera';

}elseif(strpos($browser_cliente, 'Gecko') !== false){

   echo 'codigo para o Mozilla/Firefox e browsers baseados no motor Gecko';

}elseif(strpos($browser_cliente, 'MSIE') !== false){

   echo 'codigo para o IE';

}elseif(strpos($browser_cliente, 'Chrome') !== false){

   echo 'codigo para o Chrome'; }else{ echo 'codigo para outro browser'; }

?>

Manipulando Strings

Eu diria que essa é uma das partes mais legais do PHP: brincar com as strings. São várias funções úteis para várias tarefas e por isso vou dividir a explicação delas em partes pra não ficar um post muito grande.
Função substr()

O substr() serve para você pegar apenas uma parte/pedaço/fatia da string.

Ele tem, normalmente, 3 argumentos: A string que será cortada (1), o início do corte (2) e o fim do corte (3).

Veja alguns exemplos de uso:


&lt;?php

$frase = 'O rato roeu a roupa do Rei de Roma';
echo substr($frase, 0, 6); // 5 primeiros caracteres a partir do 0° caractere

// Retorno: O rato

echo substr($frase, 3, 16); // 16 primeiros caracteres a partir do 3° caractere

// Retorno: ato roeu a roupa
echo substr($frase, 0, -1); // Todos os caracteres, até o penúltimo, a partir do 0° caractere

// Retorno: O rato roeu a roupa do Rei de Rom

?&gt;

Continue lendo Manipulando Strings